7 de Maio de 2018 às 14:44

Nanicos se unem para proporcional e vão ouvir pré-candidatos ao governo

Podemos, Pros, PMN, PRP, Avante e PSDC querem bloco para as eleições deste ano, com Medeiros e Guaraná Filho indicados ao Senado

Gazeta MT

Lideranças políticas do Podemos, Pros, PMN, PRP, Avante e PSDC se uniram para formar uma aliança para as eleições deste ano. Com mais de 90 pré-candidatos, a frente partidária vai formar uma coligação na proporcional para deputado estadual e federal. Na majoritária, o grupo pretende ser reunir com todos os pré-candidatos ao governo do Estado antes de anunciar o apoio. Já para o Senado, os partidos sinalizam apoio à reeleição do senador José Medeiros (Pode).

Além do nome do senador José Medeiros, o vereador Juca do Guaraná Filho (Avante) pode ser a outra opção do grupo para o Senado Federal. Com duas vagas de senador neste pleito, os seis partidos não descartam lançar dois nomes.

 "Nossa intenção é ouvir todos os pré-candidatos ao governo para depois definirmos o nosso apoio. O primeiro pré-candidato que devemos conversar é o ex-prefeito Otaviano Pivetta (PDT)", informou Benedito Lucas, secretário-geral do Podemos.

Para o presidente do PRP de Mato Grosso, vereador Lilo Pinheiro, juntos os seis partidos terão condições de eleger pelo menos um federal e até três deputados estaduais. "Estamos conscientes de que juntos somos mais fortes e temos condições de eleger representantes para Câmara dos Deputados e para Assembleia Legislativa", comentou o vereador.

Os dirigentes dos seis partidos estão se reunindo semanalmente para discutir a aliança e propostas que serão sugeridas aos candidatos ao governo. Entre elas, ações emergências para saúde, segurança e infraestrutura. "Vamos conversar com todos os pré-candidatos a governador, seja situação ou oposição. Queremos ouvir as propostas e apresentar sugestões", completou o vereador Juca do Guaraná.

Hoje, 7, os partidos realizam mais uma reunião na sede do diretório estadual do PMN. Além dos vereadores Juca do Guaraná Filho, Lilo Pinheiro, Dilemário Alencar (Pros), Elizeu Nascimento (PSDC), participa da reunião o senador José Medeiros.