16 de Maio de 2018 às 08:20

Bebê internado em Rondonópolis é transferido para hospital de Curitiba

Com quadro de cardiopatia grave, João Gabriel conseguiu na Justiça vaga em unidade de Saúde com atendimento especializado

Robson Morais

Internado há 5 dias na Unidade de Terapia Intensiva -UTI neonatal da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis, o bebê recém-nascido João Gabriel Tauffer, acaba de ser transferido para outra unidade de Saúde, em Curitiba -PR. Por ordem judicial, a criança, com complicações cardíacas, conseguiu vaga no Hospital Pequeno Príncipe.

A transferência dependia da liberação da UTI aérea, possibilitada na manhã de hoje. O pai da criança conversou agora há pouco com a reportagem, já da capital paranaense. Segundo ele, a mãe e o menino estão a caminho.

Diagnosticado com um quadro grave de cardiopatia, o bebê ficou internado em Rondonópolis aguardando atendimento médico especializado. Mato Grosso não dispõe deste profissional. Por isso, a criança necessitava de transferência urgente para São Paulo ou Paraná.

O caso

Morador de Canarana, João Gabriel foi levado às pressas no dia 4 de maio para o Hospital Regional Paulo Alemão, em Água Boa, com um quadro de cardiopatia grave, que apresentava o entupimento de três veias do coração e sopro. Os médicos recomendaram a transferência imediata para uma UTI Neonatal. Diante da situação, a família recorreu à Defensoria Pública.

O bebê permaneceu em Água Boa até o dia 7, quando foi transferido para Rondonópolis. Com o quadro de saúde inspirando cuidados, a equipe médica indicou a necessidade de cirurgia de urgência e novamente, a família recorreu à Justiça, que determinou ao Estado o prazo de 48 horas a contar do dia 10 para a internação em uma unidade especializada para esse tipo de tratamento.