28 de Março de 2019 às 14:49

Primavera do Leste está entre as três cidades que mais cresceram na geração de emprego em MT

Em dois meses foram 832 contratações a mais comparado ao número de demissões

Gazeta MT

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram como Primavera do Leste só cresce, inclusive na geração de novos trabalhos. Em janeiro e fevereiro de 2019 o município se destacou com um saldo positivo de 832 pessoas que passaram a trabalhar com carteira assinada. Enquanto houve 2.113 desligamentos nesse período, o número de novas contratações é de 2.945.

Das 22 maiores cidades de Mato Grosso, Primavera do Leste se coloca na posição de terceiro lugar em geração de empregos. O saldo de novos registros ultrapassa até mesmo a cidade de Sinop (saldo positivo de 711 empregos), que é a capital do norte do Estado e tem mais que o dobro da população comparado aos habitantes de Primavera do Leste.

"Ficamos felizes com esse índice porque enxergamos nele o resultado de nosso esforço em atrair investidores e empresas para a cidade. Esse número tende a aumentar com a instalação de empresas já confirmadas na cidade, e de outras que estão em tratativa por entenderem que o município é um dos melhores de Mato Grosso para se investir, devida a expansão considerável que apresentamos", comenta o prefeito Léo Bortolin.

Neste mês de março a empresa de beneficiamento de sementes de milho, a Valorem, se apresentou como uma das empresas que se instalarão no município. As obras estão previstas para iniciar no mês de abril. Conforme Bortolin, estão chegando no município outras indústrias voltadas para o ramo do agronegócio.

Primavera inaugura em 2019 um novo distrito industrial que já está com boa parte dos lotes vendidos. Isso também é um fator que leva a gestão municipal a crer que a capacidade de geração de emprego está pujante e que a cidade, por oferecer qualidade de vida a quem habita, é uma das melhores opções de Mato Grosso.