11 de Jan. de 2017 às 15:56

Deputado Valdir Barranco cobra da SESP explicações sobre atraso de verbas para militares

Dinheiro para compra de fardas foi prometido a 652 policiais, em 2014, mas nunca chegou

Gazeta MT

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou requerimento à mesa diretora da AL para que a Secretaria de Estado de Segurança Púbica (SESP) dê explicações sobre o Auxílio Fardamento prometido a 652 policiais militares no ano de 2014 e que até agora não foi repassado. O documento protocolado na sessão vespertina da última terça-feira (10) mostra que o material deveria ter sido entregue a 543 praças e 109 oficiais no dia 21 de abril daquele ano como premiação à promoção dos policiais.

Segundo o deputado, os valores referentes as fardas já foram empenhados por duas vezes e deveriam ter sido repassados à guarnição até dezembro de 2016. “No ato da promoção destes policiais o governo fez grande propaganda sobre a ‘tal premiação’, mas não cumpriu a promessa. Até hoje os policiais aguardam o repasse da verba para compra de fardas. Se o dinheiro foi empenhado, deveria ter sido depositado na conta destes servidores.”

Ainda na justificativa do requerimento, Barranco disse que “os deputados da legislação da época acompanharam a promoção do fardamento, sendo a mesma aprovada e sancionada pelo governo do Estado. “A ALMT acompanhou todo o processo à época e aprovou o repasse. Portanto, o governo terá que trazer explicações para o atraso. E mais, fazer o repasse como acertado e sancionado. Os policiais precisam do fardamento para que possam continuar prestando o bom trabalho à sociedade mato-grossense. Estou cobrando da SESP explicações e espero que o governo cumpra com esta obrigação o quanto antes.”