25 de Junho de 2018 às 07:33

Mulher é presa após pedir resgate por motocicleta furtada

Ela exigia R$ 550 para devolver o veículo furtado no dia 13 de junho no Bairro São Mateus, em Cuiabá (MT)

Redação com assessoria PJC/MT

Uma mulher de 36 anos foi presa pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), no sábado (23), em Várzea Grande (MT), pelos crimes de extorsão, receptação e adulteração de sinal de veículo automotor. Ela entrou em contato com uma pessoa, que teve a moto furtada no dia 13 de junho no Bairro São Mateus, em Cuiabá (MT), e pediu R$ 550 para devolver o veículo.

A DERRFVA informou que a vítima relatou estar recebendo ligações de uma mulher, a qual pedia dinheiro para devolver a motocicleta furtada dela. A suspeita marcou um encontro com a pessoa, na região central de Várzea Grande, para receber o valor do resgate e devolver a moto.

Em diligências, próximo ao ponto combinado, os policiais da DERRFVA conseguiram identificar a mulher no momento em que ela se aproximou da vítima. A acusada estava com as chaves do veículo no bolso e com um aparelho celular, do qual fazia as ligações para pedir o resgate.

Questionada sobre o veículo furtado, suspeita informou que tinha ficado em uma praça próximo de onde estavam. A motocicleta foi encontrada no local indicado sem as placas de identificação.

A mulher foi conduzida a DERRFVA, onde após ser interrogada pelo delegado Marcelo Martins Torhacs, foi lavrado o flagrante. "O veículo apreendido em poder da suspeita era furtado e estava com as placas suprimidas, caracterizando os crimes de receptação e adulteração de sinal de veículo automotor, além de serem encontradas no telefone da suspeita mensagens de WhatsApp, exigindo o dinheiro da vítima. Sendo a extorsão um crime grave, análogo ao crime de roubo", explicou o delegado.