11 de Junho de 2019 às 15:05

Governo de MT suspende demissões de servidores suspeitos de esquema de vendas de CNHs

As demissões foram aplicadas aos servidores que são investigados na Operação Fraus, realizada pela Polícia Civil em 2013.

De Cuiabá-Sabryna Carvalho

O governador de Mato Grosso Mauro Mendes suspendeu 32 demissões de servidores suspeitos de envolvimento em fraudes no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A decisão foi publicada nesta terça-feira (11) no Diário Oficial do Estado.

A justificativa, segundo consta na publicação, é de que a manutenção dos servidores no serviço público não trará prejuízo a análise do pedido, assim como retirar sua remuneração, sem que o processo administrativo tenha se findado, poderá causar prejuízos de difícil reparação. Além do fato de que eventual mudança na decisão poderá obrigar o Estado a arcar com o pagamento dos proventos indevidamente cassados.

As demissões foram aplicadas aos servidores que são investigados na Operação Fraus, realizada pela Polícia Civil em 2013, que desarticulou um esquema de venda de CNHs em 39 cidades de Mato Grosso, Goiás e Tocantins.