3 de Julho de 2019 às 10:45

Acusado de matar tia e arrancar coração dela já tentou matar a própria mãe com facão em SP

Lumar Lopes, de 28 anos foi preso em flagrante e autuado por homicídio qualificado.

Cuiabá, MT - Daffiny Delgado

A Polícia Civil informou que Lumar Lopes, de 28 anos acusado de assassinar a tia e arrancar o coração dela na noite de terça-feira (02), já tentou tirar a vida da própria mãe no estado de São Paulo, onde morava.

Maria Zélia da Silva Cosmos, de 55 anos foi assassinada a facadas na residência onde ela morava no bairro Vila Bela, em Sorriso.

De acordo com o delegado da PJC André Eduardo Ribeiro, Lumar veio de SP para Sorriso após tentar matar a mãe. 

“Obtivemos informações de que ele se desentendeu com a mãe há quase 10 dias, e ainda tentou matá-la com um facão. Alguns dias depois ele veio para Sorriso, onde estava morando com a tia”, disse delegado em coletiva de imprensa.

Familiares ainda chegaram a firmar que Lumar já teria arrumado vários problemas em SP e que seria usuário de drogas.

“Em conversa com testemunhas soubemos que Lumar chegou na cidade na última sexta-feira (28), neste mesmo dia ele já teria distribuído currículos em várias empresas. No dia seguinte, ele teria arrumado uma confusão com vizinhos da tia, ocasião em que ele chegou a ameaçar várias pessoas inclusive crianças, com um facão”, acrescentou delegado.

Com isso, Maria teria ordenado que Lumar saísse de sua casa. Parentes então arrumaram uma quitinete e o retiraram da residência da vítima. Esse teria sido o que motivou o criminoso a tirar a vida da própria tia.

O acusado foi interrogado, mas se negou a comentar sobre o caso dizendo apenas que queria um advogado.

“Em seu interrogatória Lumar não disse nada com nada, chegou a fantasiar uma história de que veio para a cidade para vender roupas de sua própria marca, mas nada dessas informações confere. Completamente desorientado, não podemos nem chama-lo de animal, pois um animal não faria o que ele fez”, finalizou delegado.

Coração arrancado

Em entrevista ao site local Portal Sorriso, o perito Nilton Carlos Dalberto, que atendeu a ocorrência contou que foi constatado espuma na boa e no nariz da vítima, o que pode indicar que ela estava respirando quando teve o tórax aberto.

“Isso indica que durante esse procedimento de abertura do tórax muito provavelmente a vítima ainda estava respirando, mas ainda não é possível afirmar se ela estava consciente ou não. Esse é um fato completamente fora do comum, muito diferente do que estamos acostumados a atender”, disse.

O crime

Após assassinar a tia e arrancar o coração dela Lumar foi até a residência da filha da vítima e entregou o órgão, confessando o crime.

O criminoso ainda teria tentado sequestrar a filha da prima de apenas 7 anos, mas ele foi impedido por um vizinho que presenciou o fato.

Em seguida, o bandido roubou o carro da filha de Maria e saiu em alta velocidade. Ele foi preso ao colidir o veículo contra os motores de uma rede de abastecimento de energia elétrica da Energisa, na cidade.