12 de Março de 2018 às 09:49

Vacina pentavalente chega neste mês aos postos de saúde

7 milhões de doses foram liberadas segundo Ministério da Sáude

Gazeta MT

Santa Catarina está desde janeiro sem receber as doses de pentavalente, vacina que previne   difteria, tétano, coqueluche em crianças. Diante disso, municípios catarinenses enfrentam estoques críticos da imunização. O desabastecimento, segundo o Ministério da Saúde, deve ser resolvido até o final do mês de março. 

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, Carla Domingues, afirmou que 7 milhões de doses foram liberadas nesta semana. As vacinas, que são importadas, precisaram passar por análise  para comprovar a qualidade das doses, diante da oscilação de temperatura. 

Nesta semana, o Ministério iniciou o envio aos Estados, que, por sua vez, encaminham aos municípios:

- Até o fim do mês essas doses estarão nos postos de saúde - garantiu Carla. 

Em média, são aplicadas 20 mil vacinas mensalmente em SC.   Elas devem ser tomada aos dois, quatro e seis meses de idade e protegem contra o tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e Haemophilus Influenzae tipo B, que causa meningite e outras infecções graves.