16 de Abril de 2018 às 14:09

Articulação viabilizar perfuração de poços nas zonas rurais

Vereador por Rondonópolis, Thiago Silva –MDB, se reuniu com Superintendente Estadual da Funasa, Francisco Holanildo Silva Lima

Gazeta MT

O vereador Thiago Silva (MDB), esteve na última quinta-feira (12), reunido com o Superintendente Estadual da Funasa Francisco Holanildo Silva Lima, em Cuiabá, solicitando o início da perfuração de poços artesianos para os assentamentos e comunidades rurais de Rondonópolis, Pedra Preta, Poxoréu, São José do Povo, Juscimeira e toda região sul e sudeste do Estado.

O vereador Thiago Silva desde o início do seu primeiro mandato tem trabalhado para viabilizar a perfuração de poços artesianos para comunidades rurais. O parlamentar apresentou ao deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) indicações e vários ofícios reivindicando a intermediação junto ao Governo Federal para atender os pedidos dos Prefeitos e lideranças dos assentamentos dos municípios da região sul e sudeste do Estado. Durante a reunião com o Superintendente da Funasa Francisco Holanildo Silva Lima, foi confirmado o atendimento das indicações e o início na próxima semana dos trabalhos de perfuração dos poços artesianos em Rondonópolis e Pedra Preta.

A Funasa ficou responsável pela perfuração dos poços e as Prefeituras garantirão a aquisição das bombas e reservatórios para colocar em funcionamentos os poços.

Segundo o parlamentar o objetivo é levar cidadania, dignidade e qualidade de vida para o trabalhador do campo com foco nas políticas da agricultura familiar. "O nosso trabalho em conjunto com o Deputado Carlos Bezerra, os Prefeitos e vereadores da região é dar condições para que os pequenos produtores rurais possam permanecer no campo com a sua família e também que tenham condições de plantar seus alimentos para subsistência e comercialização, e assim melhorar a sua renda e a qualidade de vida na zona rural, disse Thiago.

De acordo com o presidente da Associação dos Pequenos Produtores dos Assentamento Monte Azul de Pedra Preta, Idalecio Rosa de Oliveira a vinda dos poços para os assentamentos é um sonho de todos. "Sofremos com a falta de água desde que chegamos aqui, há 14 anos atrás. Muitos de nossos companheiros venderam seu pedaço terra pela grande escassez da água na propriedade", disse.

Idalecio, também falou que o problema da falta de água potável tem se tornado reclamação constante por parte das crianças que estudam na escola do assentamento Monte Azul. "A água consumida pelos alunos vem de um pequeno rio que passa próximo a escola, e no período de seca as crianças dizem que a água tem cheiro forte e gosto desagradável", pontuou.

Para o morador da Vila Bueno em Rondonópolis, Aurino Alves da Silva, a perfuração do poço artesiano na comunidade é de fundamental importância e vai mudar a vida de todos. "A expectativa é muito boa e está chegando na hora certa, porque sem a água não podemos fazer praticamente nada", disse.

Os Termos de Cooperação Técnica assinados com as Prefeituras e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para perfuração de poços artesianos, irão garantir abastecimento de água para cerca de 2000 pessoas de mais de 40 comunidades e assentamentos rurais. De acordo com o vereador Thiago Silva serão perfurados, 21 em Rondonópolis, 12 em Pedra Preta, 5 em Poxoréu, 2 em Juscimeira e 2 em São José do Povo.