6 de Fev. de 2018 às 15:37

MPE vai investigar “padaladas” de Pedro Taques

As acusações dão conta de que ele teria se utilizado de recursos de fundos, como o Fundeb e Fethab, para cobrir o caixa

Gazeta MT

Promotores do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, do Ministério Público Estadual, encaminharam ao Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco Cível) documentos sobre supostas pedaladas fiscais cometidas pelo governador Pedro Taques -PSDB.

As acusações dão conta de que ele teria se utilizado de recursos de fundos, como o Fundeb e Fethab, para cobrir o caixa, o que é ilegal.

Com a documentação em mãos, o Naco - que investiga detentores de foro especial por prerrogativa de função - deverá abrir uma investigação preliminar sobre o caso.

A coluna entrou em contato com o promotor de Justiça Clóvis de Almeida, coordenador do Naco. De férias, ele recomendou que fosse procurado seu substituto, o procurador Marcelo Ferra. Este, por sua vez, informou que ainda não teve acesso a nenhuma documentação.