17 de Ago. de 2018 às 07:30

Polícia Militar prende suspeito de roubo em Campo Verde

Com o suspeito os policiais encontraram notebooks, celulares sem chip, um Tablet, litro de whisky e um cartão de acesso a um Condomínio

RENATA RAMOS

Suspeito de roubo em Campo Verde. Foto: GazetaMTElion Fernando da Silva, 25 anos, foi preso pela Polícia Militar em Pedra Preta nesta quinta-feira (16) pelo crime de roubo na cidade de Campo Verde. Com o suspeito os policiais encontraram diversos produtos como dois notebooks, celulares sem chip, um Tablet e um litro de whisky 12 anos, além de 200 reais em espécie e um cartão de acesso a um Condomínio fechado situado em Campo Verde.

De acordo com as informações, ao realizar um bloqueio na saída da cidade pela BR 364 os policiais de plantão abordaram um veículo cujo passageiro não portava os documentos pessoais e apresentou nervosismo e contradição ao ser entrevistado, o que levantou a suspeita de que o mesmo estivesse envolvido em alguma prática ilícita.

 Questionado sobre os produtos, o suspeito não conseguiu comprovar a posse legítima deles despertando o alerta que poderia se tratar de produto de crime. A guarnição então fez contato com a Polícia Militar de Campo Verde onde tomou conhecimento de que havia ocorrido um roubo em um Condomínio particular, onde além de dois veículos, o suspeito havia subtraído diversos eletrônicos e bebidas.

Durante uma varredura no aparelho celular do suspeito, com o consentimento do mesmo, foram encontradas fotos de um dos veículos roubados;  em um grupo do aplicativo WhatsApp denominado "PROGRE$$0" foi verificado todo o planejamento do roubo e sua execução, com fotos das vítimas amarradas, dos produtos roubados e áudios dos membros comentando a ação.

Elion confessou haver pego um dos veículos roubados para trazer até Rondonópolis no entanto, devido uma tentativa de abordagem da PRF acabou seguindo até Pedra Preta onde entregou o veículo e ficou com os eletrônicos como pagamento pelo "trabalho".

O suspeito foi preso e autuado em flagrante delito em Pedra Preta enquanto a Polícia Militar e Civil de Campo Verde, ao receberem as informações de quem seriam os demais integrantes da quadrilha, diligenciaram e prenderam outros três envolvidos no crime e apreenderam uma das armas utilizadas. Outros dois foram identificados, porém permanecem foragidos.