23 de Ago. de 2019 às 08:22

Vereadores requerem abertura de CPI para apurar suspeita de irregularidades na compra de alimentos

Os vereadores decidiram requerer a CPI após verificarem que a prefeitura da cidade adquiriu uma quantidade muito grande de alimentos

DENILSON PAREDES

Um grupo de cinco vereadores da cidade de Pedra Preta protocolou na última quinta-feira (22) o pedido de abertura de mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades cometidas pela administração municipal na aquisição de alimentos. O requerimento ainda terá que ser apreciado pelos demais vereadores nos próximos dias, antes que sejam indicados os seus membros e inicie os seus trabalhos, que tem um prazo de 90 dias para serem concluídos.

Os vereadores decidiram requerer a abertura da CPI após verificarem que a prefeitura da cidade adquiriu uma quantidade muito grande de alimentos no ano de 2018. O que chamou a atenção dos vereadores foi a aquisição de enormes quantidades de alimentos, como 18.040 quilos de açúcar, 1.892 quilos de sal, 22.600 quilos de arroz e 29.725 quilos de carne, por exemplo.

Como se trata de uma cidade pequena, é realmente de se estranhar a compra de volumes tão altos de alimentos, e por conta disso os vereadores querem investigar as compras de alimentos realizadas pela prefeitura da cidade nos anos de 2017, 2018 e nos dois primeiros quadrimestres de 2019.

O requerimento de CPI foi assinado pelos vereadores Vanderlei SArtori (PSDB), Iraci Ferreira de Souza (PSDB), Luciana Mello Heitor Duarte (PP), Edson Deolindo Lima (SD) e Nancy Konno Tosta Bereta (SD).