16 de Abril de 2018 às 08:21

Fazendeiro que denunciou abate de gado é encontrado morto amarrado em árvore

Na última terça-feira (10), a vítima havia denunciado o abate clandestino de gados na propriedade dela

Redação

Elói Pereira Duarte, de 77 anos. (Foto: Arquivo pessoal)O pecuarista Elói Pereira Duarte, de 77 anos, foi encontrado morto amarrado em uma árvore, nos fundos da fazenda dele, na madrugada desse domingo (15), no município de Poxoréu (MT). Na última terça-feira (10), a vítima havia denunciado o abate clandestino de gados na propriedade dela.

Conforme a polícia, o corpo estava nos fundos da sede da fazenda, amarrado em uma árvore e com sinais de espancamento. A suspeita é que um pedaço de madeira foi usado para bater e matar o idoso, que morava na cidade com a família e criava gados há mais de 20 anos.

A polícia acredita que, no último sábado (14), o fazendeiro tenha flagrado as pessoas que vinham abatendo os animais dele de forma clandestina e acabou sendo executado. Investigadores recolheram latas cerveja que foram encontradas no local.

O caso será investigado pela Polícia Civil.