16 de Ago. de 2018 às 07:38

Eleições para substitutos do Conselho Tutelar ocorrem neste domingo (19)

Três mulheres concorrem à suplência, para ocupar o cargo em casos de ausência das conselheiras titulares

Gazeta MT

Neste domingo (19) ocorrerá em Primavera do Leste a eleição para conselheiras tutelares substitutas. Três candidatas estão disputando. Elas ficarão na fila de espera, por ordem de quantia de votos obtidos. A eleição fora de época é para garantir suplentes que possam substituir as conselheiras titulares em casos de férias, atestados médicos, exonerações ou situações semelhantes.

As candidatas são: Edimara Rodrigues Pereira Lima (número de votação 3); Jaqueline Benites Fornari (número de votação 4); e Jeniffer Suiane Pereira Hélio (número de votação 5). Ao todo, 12 candidatas se inscreveram, porém, após aplicação de prova, teste psicológico e outras avaliações, somente os três nomes mencionados se mostraram aptos para a eleição.

A participação da população é de extrema importância, já que o próprio Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) garante que o cuidado desses indivíduos é de responsabilidade de todos. A sociedade é o olhar do Conselho Tutelar, seja por meio da procura dos pais ou denúncias, por isso é necessário que a sociedade esteja junto na escolha dos conselheiros que lutarão pelo direito desses menores e os protegerão de situações de risco, seja na escola, em casa ou em qualquer outro lugar.

Para votar basta ter idade maior que 16 anos e comparecer em um dos quatro locais de votação. As urnas estarão disponíveis das 8h às 17h, no Cras Ivone Agne, localizado na Rua Arlindo Corneli, 473, Centro Leste, Cras Jonas Pinheiro, na Avenida Ângelo Ravanelo, 336, Jardim Progresso, Cras Mabília dos Santos Furtado, na Rua Cajueiro, 903, Primavera III, e na Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, que está na Rua Cajueiro, 39, no Bairro Tuiuiú.

O resultado será divulgado na segunda-feira (20). E as próximas eleições que devem trocar todo o quadro de conselheiros titulares estão previstas para acontecer no final de 2019, para que os servidores assumam o cargo em janeiro de 2020.