8 de Out. de 2019 às 09:23

Fabris, Teté,Percival e Nininho aparecem em lista de Riva

Gazeta MT

O ex-deputado Gilmar Fabris, a ex-deputada Teté Bezerra, o  ex-prefeito Percival Muniz e o atual deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, foram citados pelo ex-deputado José Riva como recebedores de propina para aprovarem matérias de interesse do Executivo. Riva tenta emplacar uma delação premiada e pelo visto está disposto a "entregar" todos os ex-colegas que participaram do esquema conhecido como "Mensalinho" durante os vinte anos em que foi o nome forte da Assembleia Legislativa do estado.

Ao Ministério Público, que tem que chancelar sua delação, Riva afirmou que tem provas documentais como transferências bancárias, depósitos bancários, notas promissórias e testemunhas para embasar suas declarações. Ao longo de seus vinte anos na AL, Riva pagou um total estimado em R$ 175 milhões em propinas para os deputados estaduais.

Segundo Riva, os valores do Mensalinho inicialmente eram de R$ 20 mil mensais por deputado, mas o valor foi subindo aos poucos até que atingiu o valor de R$ 50 mil em 2014, quando Riva deixou a AL. O ex-prefeito Jota Barreto (já falecido) também é citado como recebedor da propina.

O Buxixo está ansioso para que Riva realmente apresente as provas do pagamento e recebimento de propina entre os deputados, para que estes paguem na Justiça por seus maus feitos. E mais ansioso ainda para que o eleitorado não eleja mais nenhum dos citados pelo ex-deputado preso por corrupção, a não ser que algum destes se explique e consiga provar sua inocência.

Vamos ficar de olho...