3 de Set. de 2012 às 11:01

Folha de S. Paulo divulga ranking da qualidade das universidades brasileiras; UFMT aparece em 51º

A Unemat está na 134º, seguido da universidade particular Unic, em 140º lugar. Confira os quesitos avaliados

YURI RAMIRES/ DE CUIABÁ

O jornal Folha de São Paulo divulgou o RUF, Ranking Universitário Folha. Uma listagem inédita das universidades brasileiras de acordo com a sua qualidade. O ranking é resultado de uma pesquisa feita a partir de uma metodologia nova adotada pelo jornal que mescla indicadores de pesquisa, inovação e a opinião do mercado de trabalho e pesquisadores renomados.

Mato Grosso aparece no ranking três vezes, em 51º com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), totalizando a nota 46,89. Em 134º a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), totalizando 19,72 e por fim , em 140º, a Universidade de Cuiabá (Unic) uma das poucas instituições particulares que aparecem no ranking. A Unic ficou com 18,32 na nota final.

Foram avaliados a qualidade de pesquisa, no caso, a quantidade de pesquisas científicas, tal com proporção de professores com doutorada, número de artigos científicos por docentes e número de publicações, a nota varia de 0 a 55 pontos. A UFMT teve 42,38, seguido pela Unemat 19,48 e por último a Unic, com 16,24.

No indicador qualidade de ensino, a Datafolha entrevitou 597 pesquisadores - representando o grupo dos melhores cientistas e docentes do país. Cada um deles foi pedido que apontasse as 10 melhores instituições brasileiras em sua área. Todas as universidades de Mato Grosso obtiveram nota zero nessa categoria. 

Já na avaliação do mercado, onde 1.212 diretores, gerentes ou profissionais responsáveis pelo recursos humanos de empresas e instituições brasileiras apontaram três instituições de ensino para quais dariam preferência em um processo de contratação. Com 4,51 pontos, graduados na UFMT teriam preferência. Em seguida vem a Unic, com 2,08 e por último os graduados na Unemat, com 0,24. 

Por fim, a pesquisa avaliou o indicador de inovação, ou seja, produtos inéditos desenvolvidos pelas universidades que passam por processo de aprovação. Novamente, as três universidades obtiveram a nota equivalente a zero.  Para a pesquisa foram consideradas apenas as instituições mais completas do país, tal como o ensino e pesquisa em diversos campos do conhecimento.

O ranking geral conta com 191 universidades que foram distribuídas em 188 posições, devido alguns empates. Para visualizar todo o ranking basta acessar  http://ruf.folha.uol.com.br/rankings/rankingdeuniversidades/ 





Comente:

seja o primeiro a comentar

Publicidade:

Publicidade: