9 de Jan. de 2019 às 10:09

Câmara de Cuiabá demite "servidores externos"

Gazeta MT

O recém empossado presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PSB), demitiu 67 servidores comissionados. Chama a atenção que na relação dos demitidos consta "servidores externos" com salários de até R$ 5 mil.

Ou seja, aqueles que recebiam salários sem sequer comparecer diariamente a sede do Legislativo para trabalhar. Aos olhos de muitos, trata-se de um "jeitinho brasileiro" criado pelo ex-presidente do Legislativo municipal, vereador Justino Malheiros (PV), para legalizar o famigerado "funcionário fantasma" tão comum no funcionalismo público deste país.