9 de Fev. de 2018 às 10:34

Medeiros reacende briga com ala petista na Casa

Gazeta MT

Da tribuna do Senado, José Medeiros -Pode, reacendeu a briga contra os senadores petistas Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, esta também presidente da sigla. O embate se deu por conta das declarações dadas pela dupla logo após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela turma do Tribunal Regional Federal da quarta região, o TRF 4.

A reboque dos mais recentes discursos do próprio ex-presidente, Farias e Hoffman tem defendido o fim da "esquerda comportada". Trabalhando com a possibilidade da prisão de Lula, os inflames políticos da ala petista tem se voltado aos movimentos de protesto. "Prontos para a luta" é a tônica.

Em resposta, Medeiros cobrou providência do Legislativo contra os discursos. Para ele, incitadores de manifestações violentas. Lindbergh, mais tarde, direcionou o discurso ao mato-grossense, contrapondo a versão.

O termo "desobediência civil", utilizado sem contexto por Lindbergh, foi o alvo da fala de Medeiros. Em 1849, o escritor e ativista norte-americano Henry Thoreau deu luz ao conceito, grande referência, anos mais tarde, à chamada contracultura.

A título de conhecimento, o termo iniciado por Thoreau, logo após ser preso por se recusar a pagar seus impostos, prevê o protesto político pacífico. Foi adotado, inclusive, por reconhecidos pacifistas como Martin Luther King.

Sem paz tende a ficar é o clima no Senado.