8 de Nov. de 2017 às 07:35

Silvio Negri propõe instalação de faixas 3D em ruas de Rondonópolis

Em Mato Grosso, a cidade de Primavera do Leste já utiliza a faixa nas principais avenidas da cidade

Gazeta MT

Sucesso em vários lugares do mundo, a faixa de pedestres tridimensional (3D), aquela que parece flutuar acima do asfalto, poderá ser realidade também em Rondonópolis. Uma indicação, proposta pelo vereador Professor Silvio Negri (PCdoB), foi aprovada recentemente na Câmara Municipal e encaminhada para a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito - Setrat.

Para o vereador, a ideia da faixa em 3D pode contribuir para que acidentes envolvendo pedestres possam ser reduzidos e até evitados. Pois, de acordo com um estudo da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), 22% das mortes no trânsito se referem a pedestres. "Com as faixas de pedestres em três dimensões, os condutores poderão visualizar melhor a sinalização e, com isso, a expectativa é que haja mais respeito aos pedestres durante a travessia", explicou o vereador.

A obra criativa teve início no ano passado na Índia e se expandiu para outros lugares, como a Geórgia e China. Em Mato Grosso, a cidade de Primavera do Leste já utiliza a faixa nas principais avenidas da cidade. "Aqui em Rondonópolis a Setrat é quem vai definir os locais em que as faixas serão pintadas", contou Negri.

As faixas pintadas em 3D são feitas por grafiteiros que utilizam a técnica da ilusão de ótica para forçar o motorista a reduzir a velocidade e permitir a passagem de pedestres. O efeito só funciona de um ângulo específico e durante alguns segundos.