18 de Ago. de 2018 às 13:34

Mulher é presa com R$ 10 mil em produtos roubados em veículo de transportadora

O companheiro da conduzida é apontado como um dos autores do roubo

Redação com assessoria PJC/MT

Cerca de R$ 10 mil em produtos roubados, entre vinhos e peças automotivas, foram recuperados pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (17), em trabalho da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). Uma mulher de 49 anos foi presa na ação.

Poucas horas após o assalto ao veículo de uma transportadora, a suspeita foi flagrada em posse de parte da mercadoria. O companheiro da conduzida é apontado como um dos autores do roubo, sendo a acusado autuada em flagrante pelo crime de receptação. 

O roubo aconteceu por volta das 12 horas de sexta-feira (17), quando a vítima (prestador de serviço terceirizado) estava no veículo Fiat Fiorino, carregado com aproximadamente R$ 20 mil em mercadorias e foi abordada por dois homens armados que entraram no carro e anunciaram o assalto. 

Durante a ação, os criminosos cobriram o rosto da vítima e transitaram por longo tempo com o veículo. Em determinado local, os assaltantes pararam e começaram a descarregar as mercadorias. Depois que terminaram seguiram até o bairro Carrapicho onde o motorista foi deixado amarrado dentro do baú do automóvel. 

Assim que foi acionada do roubo, a equipe de investigadores da Derf-VG, coordenada pelo delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, iniciou as diligências , e com base em informações passadas pela vítima chegou a um terreno baldio onde encontraram vestígios da mercadoria roubada.

Em continuidade as diligências, os policiais chegaram até uma casa onde visualizaram várias caixas de vinho, subtraídas no roubo. Em buscas na residência, foi encontrada parte da mercadoria levada no assalto, avaliada em cerca de R$10 mil. 

Diante da situação, a moradora da residência, companheira de um dos envolvidos no assalto, foi conduzida a Derf-VG, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de receptação. 

Segundo o delegado, Afonso Monteiro da Silva Junior, foi arbitrado fiança a suspeita que foi encaminhada para audiência de custódia. "As diligências estão em andamento. Os autores do crime já foram identificados e um inquérito policial será instaurado para apurar a conduta dos assaltantes", disse o delegado.