2 de Maio de 2018 às 07:46

Dia do trabalhador: o reconhecimento é o caminho

Gilberto Figueiredo

Primeiro de maio, Dia dos Trabalhadores, uma oportunidade de reflexão para todos os que contribuem com a sua força de trabalho para transformar Mato Grosso em um estado próspero e pujante. Hoje é dia de reconhecer a importância e a atuação dos trabalhadores das mais diversas áreas.

Mas, como vereador que abraça as questões pertinentes à Educação, não posso deixar de destacar a dedicação e o empenho dos servidores da Educação do município e do estado. E destacar também a luta diária desses profissionais para garantir um processo de ensino-aprendizagem eficaz.

Fui secretário municipal de Educação entre os anos de 2013 e 2016, também sou professor - já que exerci este cargo por muitos anos e nunca deixarei de ser educador - e reconheço que muito se fez pelo setor. Como vereador preciso reconhecer o avanço, mas preciso dizer que há muitos gargalos.

É válido ressaltar a luta política pela liberação de licença-prêmio, estágio probatório, elevação de nível, melhores condições e valorização dos servidores da Educação municipal. Trabalhamos também na solicitação de concursos públicos para a área - com o objetivo de gerar oportunidades no setor.

Por meio de audiências públicas pensadas com o objetivo de aprimorar o exercício de educadores, pudemos debater amplamente as possíveis melhorias - da mesma forma em que fizemos com que alguns objetivos se tornassem realidade.

A audiência que debateu o ensino especial na Rede Pública Municipal deu espaço para que os trabalhadores e especialistas em Educação fizessem as suas considerações e fossem reconhecidos em suas determinadas atuações. Por se tratar de utilidade pública, o tema da inclusão será novamente pauta de uma outra audiência, no dia 16 de maio.

Em 2017, também foi cedido o espaço da tribuna livre para o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), fazendo com que as demandas dos servidores chegassem a todos os parlamentares da Câmara Municipal.

Ainda no ano passado, relutei em aceitar o corte na verba da Educação - proposta pela administração do então prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB) - e recuperamos aproximadamente R$40 milhões destinados à pasta por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Elenco todos esses pontos e questões para ressaltar a importância do reconhecimento diário aos profissionais da Educação. Essa é uma classe capaz de oportunizar um futuro mais democrático às novas gerações e, por meio dela, mudanças positivas e consideráveis podem acontecer em nosso país.

São os professores, por exemplo, os grandes responsáveis pela formação dos profissionais de todas as outras áreas - de jornalismo à medicina; de humanas, exatas ou biológicas.

O dia de hoje coroa inúmeras trajetórias de luta - não somente na Educação. Mas o reconhecimento deveria se fazer presente todos os dias. Afinal, esses profissionais se dedicam integralmente aos seus encargos e causas.

Minha saudação a todos o trabalhadores mato-grossenses. Minha singela saudação aos trabalhadores da Educação.

 

 

*Gilberto Figueiredo é vereador e presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Cuiabá

 

AVISO: As opiniões aqui apresentadas não correspondem com a opinião editorial deste veículo.