11 de Set. de 2017 às 14:49

Projeto social de São Pedro da Cipa conquista ouro em estadual de Jiu-Jitsu

Esta foi a 3ª etapa; próxima fase será disputada no mês de dezembro, em Cuiabá

Gazeta MT

Os projetos municipais de São Pedro da Cipa já começam a revelar talentos no esporte. Foram seis medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze, conquistadas pelos alunos do Educar Para Transformar na 3ª Etapa do Campeonato Estadual de Jiu-jitsu, realizado no domingo (10.09) no Ginásio de Esportes Joubert Izaias Romancini, em Campo Verde.

De acordo com o professor Rafael Serafin, a próxima fase será disputada no mês de dezembro, em Cuiabá. "Tivemos essas conquistas importantes, que nos dão incentivo a focar mais ainda no treino com os nossos alunos. Já estamos nos preparando para essa competição", assegurou. Segundo ele, as disputas foram realizadas nas categorias: Juvenil, infantil, infanto-juvenil e mirim. "Esse resultado é fruto de muito foco, força de vontade e total suporte da prefeitura", garantiu.

Conforme o prefeito Alexandre Russi, esse é o intuito de todas as ações complementares educacionais, colocadas em prática pela atual administração. "A educação, ligado ao esporte, é um instrumento eficaz na formação de cidadãos de bem, focados no crescimento intelectual e apto a oportunidades. Temos uma equipe de professores capacitados e esse conjunto norteia para bons caminhos a essas crianças", ressaltou.

Educar Para Transformar

Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e

Lazer, o projeto é voltado para crianças e adolescentes em idade escolar e visa uma nova realidade através do esporte, cultura, música, civismo, disciplina e educação empreendedora.

A meta inicial é beneficiar mais de 600 estudantes. Segundo a secretária Sônia Pinheiro, as modalidades estão divididas entre; Pintura, música (violão, canto, teclado e bateria), redação, xadrez, vôlei, futebol, capoeira, jiu-jitsu, banda de percussão, inclusão digital e ginástica rítmica. 

Quadro de medalhistas 

Thalita Cristina Marçal (15): ouro

Lucas Felipe Vaz Assunção (15): ouro

Robson Jesus Machado (16): prata

Leonardo Ravazi Argelho (06): ouro

Thifani Gabriely (09): ouro

Thamires Maciel da Silva (14): ouro

Yasmin Moraes Souza (14): ouro

Thiago Cardoso Borges (08): bronze

Ivan Ravazi Argelho (08): ouro

Matheus Sassaki (07): ouro