4 de Dez. de 2018 às 07:50

Quadrilha é presa por roubar casa de idosa, suspeitos chegaram a ameaçar a PM

O crime ocorreu na noite de segunda-feira (03), no bairro Parque Atlântico. Um dos suspeitos presos seria membro do Comando Vermelho.

Cuiabá, MT - Daffiny Delgado

Reprodução

Os menores G.M.B., de 17 anos e B.C.S., de 16 anos foram apreendidos e Carlos Eduardo Camilo Dias, de 22 anos e Jamil Vinicyo Guimarães Kerisck, de 18 foram presos em flagrante na noite de segunda-feira (03), suspeitos de terem roubado uma residência no bairro Parque Atlântico, em Várzea Grande.

A informação é de que a Polícia Militar do 4° Batalhão foi acionada por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública de Mato Grosso (Ciosp), por volta das 21h45 sobre uma situação de roubo em andamento.

Pelo menos cinco homens, onde dois estariam armados, renderam uma senhora de 60 anos, no momento em que ela saiu na frente da casa.

Sob forte ameaça de morte, a idosa foi forçada a abrir o portão da residência, momento em que os criminosos entraram e subtraíram diversos objetos e também uma motocicleta Yamaha amarela.

Após realizarem o “limpa”, a quadrilha fugiu do local. Os militares foram até a residência, onde após conversa com a vítima adquiriu as informações sobre as características dos suspeitos.

Durante rondas na região, foi avistado um veículo Gol branco, ocupado por quatro homens. Ao realizar abordagem, os mesmos se apresentavam bastante nervosos.

Dois dos ocupantes que estavam no banco de trás do carro, sendo os menores, se recusavam a descer do carro e ficaram de cabeça baixa no interior do veículo.

Diante da suspeita, foi feito uma revista minuciosa dentro do carro, onde foram encontrados um simulacro de pistola e um revólver calibre 38, que foram utilizados no crime.

A motocicleta e o quinto suspeito envolvido no crime não foram encontrados. 

Ainda durante a abordagem Carlos Eduardo chegou a ameaçar os policiais afirmando pertencer a facção do Comando Vermelho. O criminoso já possui passagens por roubo.

Consta no boletim de ocorrência, que o menor G.M.B., já possui passagens pelo crime de tráfico de drogas.

As vítimas reconheceram Jamil como sendo um dos autores do crime. Diante dos fatos, todos foram encaminhados a Central de Flagrantes para as providências cabíveis.