23 de Julho de 2019 às 09:14

Campeões da Festrilha pedem ajuda para participarem de etapa nacional em Brasília

Composto por 60 membros, entre dançarinos, apoio e músicos, os Caipiras Unidos está realizando uma vaquinha virtual

DENILSON PAREDES

O grupo Caipiras Unidos, que se sagrou campeão do Festival Mato-grossense de Quadrilhas (Festrilha) no último final de semana, está com dificuldades para ir participar da etapa nacional do Festival, que acontece no próximo final de semana em Brasília (DF). Composto por 60 membros, entre dançarinos, apoio e músicos, os Caipiras Unidos está realizando uma vaquinha virtual e também pedindo contribuições em dinheiro para ajudar a custear as despesas com a viagem para representar Rondonópolis no concurso nacional.

O grupo sagrou-se campeão estadual de quadrilhas juninas no último final se semana, mas está com dificuldades para ir participar da etapa nacional, em Brasília - Fotos DivulgaçãoDe acordo com Luciano Carneiro, colaborador do grupo, os Caipiras Unidos se apresentam no próximo sábado (27) na cidade satélite de Cruzeiro, no Distrito Federal, mas não dispõe da estrutura financeira necessária para custear a viagem. "Eles foram classificados para nos representar no Concurso Nacional de Quadrilhas Juninas, o que para nós é motivo de muito orgulho. Mas eles estão precisando da ajuda da população para poder nos representar, pois já temos a promessa de um ônibus da parte da prefeitura e até de uma ajuda em dinheiro, mas isso não é liberado de imediato e a competição já é nesse final de semana. Então, a forma que encontramos foi pedir que as pessoas que puderem e quiserem nos ajudar, que façam isso nos ajudando através da vaquinha virtual, com depósito em conta bancária ou de outra forma", informou.

Segundo ele, são necessários dois ônibus para transportar todos os membros do grupo, além das vestimentas típicas, cenários e instrumentos musicais, já que os Caipiras Unidos tem um enredo e uma banda própria, o que é uma vantagem na competição de quadrilhas, pois isso rende uma pontuação extra, o que é fundamental numa competição que o campeão é definido na casa dos décimos de pontos. "Essa é a segunda vez que Rondonópolis tem um grupo selecionado para ir para a final nacional, a primeira vez foi em 2016, com o Império Junino. Na primeira vez, ficamos em 16º lugar. E dessa vez, vamos com a nossa banda, o que já rende 7 pontos, o que deve ser importante no momento da contagem dos pontos. Aqui, para se ter uma ideia, o Caipiras Unidos ganhou (o Festrilha) por um décimo.  O grupo Coração Caipira, da cidade de Porto Alegre do Norte, e o Império Junino ficaram empatados em segundo. Então, a disputa é muito acirrada e todo ponto extra pode fazer a diferença", explicou.

As pessoas interessadas em ajudar financeiramente o grupo Caipiras Unidos poderá fazê-lo por meio do site Vakinha.com, digitando o nome do grupo no buscador, ou fazer um depósito bancário na conta poupança 23.422-2, agência 0551-7, no Banco do Brasil, em nome de Danielli Costa Soares Coimbra. 

Quem quiser doar pessoalmente ou esclarecer dúvidas, poderá fazê-lo pelo telefone (66) 99965-0548, falar com Luciano Carneiro.