22 de Fev. de 2018 às 10:00

Homem é preso pela Polícia Ambiental em fazenda com pescado irregular

Ele foi flagrado com 16 exemplares de Pacu que estavam com a medida inferior ao permitido para a pesca

Sirlei Alves

Um homem de 47 anos foi preso pela Polícia Militar de Proteção Ambiental, nessa quarta-feira (21), em uma fazenda localizada no Distrito de Ouro Branco do Sul, no município de Itiquira (MT), com pescado irregular. Ele foi flagrado com 27 kg de peixes, sendo que 16 exemplares de Pacu estavam com a medida inferior ao permitido para a pesca, e com um exemplar da espécie Dourado, cuja a pesca é proibida por lei.

Segundo a Polícia Ambiental, após uma denúncia os policiais foram até a fazenda e encontraram o pescado armazenado em um freezer de uma das casas do local. O morador não estava no momento da chegada da polícia, mas a vistoria foi acompanhada pelo gerente da fazenda.

Após a constatação do crime ambiental, a equipe entrou em contato com o suspeito, que compareceu a residência. O acusado disse que os peixes foram comprado dos índios em uma aldeia, próximo ao Distrito de São Lourenço de Fátima, no município de Juscimeira (MT).

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado para 1ª Delegacia de Rondonópolis, onde deve responder por conservar pescado sem procedência, fora do tamanho permitido e espécie extinção. Já os peixes foram doados.