16 de Out. de 2017 às 08:08

PF faz buscas no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima, na Câmara

Informações de Brasília dão conta de viaturas também na casa do irmão de Geddel, o homem do “bunker” de R$ 51 milhões, em Salvador -BA

Robson Morais

Agentes da Polícia Federal estão desde as 6h de hoje (16) no gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), no prédio da Câmara dos Deputados, em Brasília. Eles chegaram em três viaturas. Novas informações ainda são aguardadas.

O parlamentar é irmão do ex-deputado e ex-ministro Geddel Vieira Lima, que se encontra preso no Complexo da Papuda, em Brasília. Geddel é suspeito de ser o dono de R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento em Salvador. Preso duas vezes, ele ficou conhecido como o homem do "bunker".

O apartamento em questão é vizinho ao do irmão de Geddel. Segundo informações do jornal paulista Folha de São Paulo, outro alvo na operação em curso em Brasília é Job Riveiro Brandão, assessor de Lúcio e suposto "laranja" do deputado.

A operação foi a primeira deflagrada a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ela tomou posse na PGR no dia 18 de setembro, após a saída o então procurador Rodrigo Janot.