13 de Março de 2018 às 15:39

ALMT homenageia mulheres com moções de congratulação

Mais de 200 personalidades femininas foram destacadas pelos relevantes serviços sociais prestados

Gazeta MT

O mês de março está marcado por movimentos sociais e homenagens às mulheres dentro e fora do âmbito poder público. E nessa segunda-feira (12), na Assembleia Legislativa, os deputados estaduais Ondanir Bortolini (PSD) - Nininho, e Janaina Riva (MDB), ofereceram homenagens a mais de 200 mulheres que trabalham e dedicam parte do seu tempo a atividades sociais.

A sessão especial foi solicitada pelos parlamentares no início de 2018. a partir de um pedido feito pela Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso (APDM). A associação atua em defesa das questões sociais, com participação política, técnica e operacional efetiva, buscando o fortalecimento e defesa dos municípios e da política de assistência social de Mato Grosso.

Além das moções, a professora Sarita Baracat (in memoriam), homenageada especial, que deixou um legado de luta pelo próximo, pela educação pública, pois era apaixonada pelo Magistério. À frente de seu tempo, Sarita Baracat foi a primeira gestora municipal de Várzea Grande (1967-1970), secretária de Estado de Educação e secretária da Auditoria-Geral do Estado (atual Controladoria-Geral), deputada estadual e primeira mulher a fazer parte da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Entusiasta do esporte, Sarita fundou o Clube Esportivo Operário Varzea-Grandense.

Para o deputado Nininho, que tem em sua equipe o maior número de mulheres servidoras, a mulher é comprometida por natureza e capaz de desempenhar diferentes atividades com excelência.  "Temos que reconhecer que a mulher tem os direitos, como diz na constituição, de 'igualdade entre homens e mulheres'. Hoje além de atuarem no dia a dia como profissionais brilhantes em diferentes segmentos, ainda consegue conciliar e fazer um trabalho social fantástico. A mulher tem o dom e a sensibilidade de doar seu tempo ao próximo, mesmo passando por dias estressantes, elas conseguem se dedicar as classes menos favorecidas, e isso, faz toda diferença no cotidiano da população", destacou o parlamentar.

Em nome da família, Kallil Baracat, que atualmente é secretário de Desenvolvimento Econômico e Social de Várzea Grande, agradeceu a homenagem e ressaltou que Sarita Baracat foi um exemplo de luta, especialmente para as mulheres, "minha avó, visionara como era, nunca deixou se abater pelos limites impostos pela sociedade, prova disso, foram as conquistas e o encorajamento que ela representa para a classe feminina".

A mestre em História Social e Antropológica pela UFMT, Marildes Ferreira, em seu discurso, representou as homenageadas e falou das conquistas e desafios ainda enfrentados pela classe.

"Vencemos muitas barreiras, mas temos que avançar ainda mais. Não nascemos para ficar atrás e nem à frente, mas é importante saber que nesta sociedade somos respeitadas. Somos privilegiadas por estarmos aqui nesta noite, enquanto lá fora, neste momento, têm mulheres sendo violentadas e assassinadas pelo simples fato de serem mulheres. Nós temos que dar um basta nisso. Vamos sim buscar o nosso poder e lutar pelo nosso espaço enquanto mulher", encerrou Marildes.

Também participaram das homenagens, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, a ex-vice-governadora Iracy França, o ex-deputado estadual Roberto França, a desembargadora Maria Helena Póvoas, a primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro e outras autoridades.