7 de Dez. de 2017 às 11:00

Procon Estadual divulga ranking de reclamações

Foram registrados 1.955 atendimentos pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e 896 registros online

Redação com assessoria

O Procon Estadual, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), registrou 2.851 atendimentos no mês de novembro. Por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram 1.955 registros, enquanto pelo atendimento online foram 896 reclamações em Mato Grosso.

No Sindec, o campeão de reclamações foi a área "Serviços Essenciais", com 1.213 atendimentos. Liderando o setor, está a categoria "Energia Elétrica", com 721 registros, seguido por "Água e Esgoto", que teve 266 reclamações, e "Telefonia Celular", com 149.

Em segundo lugar, está a área "Assuntos Financeiros", com 299 reclamações: 102 para a categoria "Banco Comercial", 61 para "Cartão de Crédito" e 38 para "Outros Contratos".

A área "Serviços Privados" ocupa o terceiro lugar do ranking, com 202 atendimentos, sendo 53 para "TV Por assinatura" (Cabo, Satélite, etc.), 30 para "Escola" (Pré, 1º, 2º Graus e Superior) e 21 para "Estabelecimento comercial" (supermercado, lojas, padaria, locadora, frutaria).

Já a área "Produtos", com 193 registros, está na quarta posição do ranking de atendimentos presenciais, sendo 30 para "Telefone" (convencional, celular, interfone, etc.), 15 para "Eletrônico Importado" e 11 para "Internet".

A categoria "Saúde" aparece em quinto lugar, com 22 reclamações, seguida de "Habitação", com 19 registros, e "Alimentos" com sete reclamações.

Integram o banco de dados do Procon Estadual os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, da Assembleia Legislativa (ALMT) e do Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping.

Atendimento online

Por meio da plataforma http://www.consumidor.gov.br, o Procon registrou 896 reclamações em Mato Grosso. A área "Telecomunicações" foi a mais demandada, com 364 registros. Em segundo lugar, estão os "Serviços Financeiros", com 289 reclamações; e em terceiro "Produtos de Telefonia e Informática", com 124 registros.

Na quarta posição da plataforma, está a categoria "Demais Produtos", com 39 reclamações e, em quinto lugar, aparece a categoria "Transporte", com 30 reclamações. O sexto lugar é ocupado pela área "Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos", com 29 registros, e o sétimo pela categoria "Demais Serviços", que teve 14 registros. Em oitavo lugar, com três reclamações, está a área "Saúde" seguida por "Turismo/viagens", em nono lugar, com dois registros.

As categorias "Água, energia e gás", "Alimentos" tiveram ambas uma reclamação registrada, já "Educação" e "Habitação" não tiveram registro no mês de novembro na plataforma.

Serviço

O Procon-MT atende na sede estadual, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center - Bairro Araés, em Cuiabá (MT), de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

No posto do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, o atendimento ao público também é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e do Várzea Grande Shopping, das 10h às 19h. No posto da Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou (65) 3613-8500.