11 de Out. de 2018 às 12:26

Imprensa da capital não perdoa Pátio por fracasso eleitoral de apoiados

Gazeta MT

Sonhos intranquilos para o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio -SD. Deve estar sendo difícil conviver com o fracasso dos candidatos que apoiara nestas eleições. Esperavam um puxador de votos, conseguiram uma âncora.

De Pedro Taques -PSDB a candidatos a deputado estadual, o prefeito fracassou em escala. Derradeira baixa política para quem já não vinha bem. 2018 deverá ser um ano rapidamente esquecido pelo prefeito.

Na capital do Estado, o assunto ganhou destaque: "O populista Zé do Pátio (SD), que se jogou na campanha eleitoral como se fosse candidato, saiu dela como grande perdedor e ainda sem moral eleitoral por não conseguir entregar o que prometeu. O prefeito assumiu em Rondonópolis a coordenação da campanha à reeleição de Taques, que ficou em 3º lugar. Garantiu conseguir para o colega de partido, deputado estadual Leonardo, mais de 30 mil votos somente em Rondonópolis. E Leonardo só obteve 2.480 votos. Se dependesse de Pátio, Leonardo não teria sido eleito federal. O prefeito apoiou abertamente o ex-adversário político Adilton Sachetti, que perdeu para o Senado. Lançou para estadual o pastor Erlan e Valdir Corrêa e ambos tiveram votação decepcionante" publicou nesta semana o site RD News.