2 de Dez. de 2019 às 15:00

Emanuel denuncia articulação feita na Defaz para lhe prejudicar

Gazeta MT

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) protocolou nesta segunda-feira (2), na Assembleia Legislativa, um pedido para que seja investigada uma suposta tentativa de articulação, feita na Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), para lhe prejudicar.

De acordo com a denúncia, Pinheiro afirma que os delegados Lindomar Tofoli e Anderson Veigateriam, receberam a incumbência de "incriminá-lo", com base em um boletim de ocorrência feito pela servidora da Saúde municipal Elizabete Maria de Almeida.

Consta no b.o, que a servidora disse ter presenciado Emanuel pagando suposta propina a vereadores de Cuiabá para cassarem o mandato do colega Abílio Júnior (PSC).

O episódio teria acontecido no último dia 21, durante um jantar na casa do vereador Juca do Guaraná (Avante).