6 de Dez. de 2018 às 08:43

Getúlio Viana é condenado a quatro anos de prisão

Gazeta MT

O ex-prefeito de Primavera do Leste, Getúlio Viana, foi condenado a 4 anos de prisão por utilizar maquinário, mão de obra, combustível e materiais públicos, de propriedade municipal, para a execução de obras em propriedade particular. A pena foi substituída por prestação de serviços à comunidade e pagamento de 10 salários mínimos ao Poder Judiciário.

Viana nega as acusações. Em sua versão, alega que utilizou a estrutura públicas para reparos de vias, em uma avenida, após a construção de galerias de escoamento de água. A utilização indevida de bens públicos para interesses alheios à administração municipal transcorreu entre os anos de 2009 a 2012, de acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual

De acordo com a sentença, o ex-prefeito determinou a execução de diversos serviços de aberturas de ruas e avenidas (terraplanagem) para implantação de aproximadamente 40 mil metros quadrados de asfalto em loteamento privado, de propriedade de um empresário.