1 de Julho de 2019 às 08:00

Tio de PM é executado com tiros na cabeça enquanto na porta de casa; ex-patrão é suspeito

A situação ocorreu na tarde de domingo (30), no bairro Tarumã, em Várzea Grande.

Cuiabá, MT - Daffiny Delgado

Amilton Cesar de Prado, de 47 anos foi executado com tiros na cabeça no final da tarde de domingo (30), enquanto estava sentado na porta da residência onde morava, no bairro Tarumã, em Várzea Grande.

O suspeito do homicídio seria o ex-patrão da vítima, que não teve sua identidade divulgada.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo sobrinho da vítima, que é soldado na PM. 

Testemunhas informaram que Amilton estava sentado na porta de casa, quando dois homens que estavam em uma motocicleta vermelha se aproximaram.

Em seguida, o garupa desceu em posse de uma arma de fogo e realizou pelo menos cinco disparos contra a vítima, que morreu na hora.

A Perícia Oficial Técnica (Politec) esteve no local do crime e constatou que Amilton foi alvejado por pelo menos quatro disparos, sendo na cabeça e pescoço.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Consta no b.o, que Amilton teria recebido diversas ameaças de morte por parte do ex-patrão, devido a uma ação judicial. No entanto, não há informações sobre a prisão do suspeito.

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).