8 de Nov. de 2019 às 16:45

Parlamentares são chamados atenção por excesso de barulho e vereador diz que com ele ninguém grita

Gazeta MT

A sessão extraordinária da Câmara municipal de Rondonópolis iniciou tensa nesta sexta-feira (09).

Por motivo dos vereadores estarem conversando além do normal o presidente da Câmara Claúdio da Fármácia (MDB) pediu para ler a matéria a ser discutida por duas vezes.

E ao passarem 1 hora da sessão o clima esquentou quando o vereador João Mototaxi (PSL) solicitou ao presidente uma comissão de ética, "esse negócio de vereador ficar gritando com outro aqui não está dando certo não" e ainda com a palavra disse que no seu ouvido só gritava seu e sua mãe.

Está ficando chato toda vez que um projeto de um vereador der errado ele sair gritando com outros, não aceito ninguém gritar comigo, finalizou