11 de Ago. de 2017 às 11:11

Em Mato Grosso, Temer diz sobre Reformas: “Estou sendo mais que corajoso. Estou sendo ousado”

Presidente da República chegou a Lucas do Rio Verde para inauguração de Usina de Etanol de Milho

Gazeta MT

Acompanhado de autoridades políticas do Estado, o presidente da República Michel Temer -PMDB inaugurou, agora há pouco, a primeira Usina de Etanol de Milho do Brasil, em Lucas do Rio Verde. Durante seu pronunciamento, o peemedebista saiu em defesa do Agronegócio e se disse "ousado" em dar segmento ás Reformas Trabalhista e da Previdência. 

"Estou sendo mais que corajoso. Estou sendo ousado", comentou Temer ao se referir às medidas que, segundo ele, "há muito tempo deveriam ter sido feitas". Em resposta às manifestações contrárias, citou como exemplo a reforma do Ensino Médio brasileiro, aprovada, dizem os números do próprio governo, por 95% da classe educadora do país.

Temer saiu também em defesa do agronegócio, presente no que chamou que "Brasil real fora do gabinete", e da iniciativa privada, onde o "empresário é o parceiro do Brasil".

Sobre a economia, comentou: "Pegamos o país com um índice de inflação em 10%. Em 15 meses baixamos a inflação parea menos de 3%". "Estou feliz em poder ser presidente, ainda que há pouco tempo" , completou.

Aliado e atencioso à bancada ruralista, Temer defendeu que seu governo, enfim, solucionou a disputa de terras entre fazendeiros e povos indígenas. Há um mês, como anunciado pela Advocacia Geral da União -AGU, Temer assinou chamado de "vinculante", que passa a considerar que indígenas têm direito à terra "desde que a área pretendida estivesse ocupada pelos indígenas na data da promulgação da Constituição Federal", em outubro de 1988. Esse entendimento jurídico, chamado de "marco temporal", foi abordado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2009. A tese tem sido combatida por entidades que representam os povos indígenas, por representar impossibilidade de reivindicação de terras que não estavam por eles ocupados em outubro de 1988.

A visita de Temer a Mato Grosso segue acompanhada pela comitiva formada pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi -PP, o governador do Estado Pedro Taques -PSDB, deputados federais aliados, estaduais e prefeitos.